Características do signo de Peixes – Personalidade, amor, trabalho e defeitos dos piscianos



Compartilhe tudo sobre os signos:

O que a astrologia tem a ver com Peixes? Signo que representa aqueles que nasceram entre os dias 19 de fevereiro e 20 de março. 

Entre os métodos divinatórios criados desde o início da história humana, a Astrologia é provavelmente o mais popular. A versão mais comum dela no Ocidente baseia-se nos signos do Zodíaco, cada um deles representando uma constelação, e nos movimentos e posições aparentes dos planetas, da Lua e do Sol em relação a elas.

A posição do Sol, por exemplo, define o signo ao qual um indivíduo pertence. Além disso, os signos são regidos, cada um, por um planeta e um dos elementos que os Antigos consideravam primordiais (Fogo, Água, Ar, Terra). O planeta associado ao signo de Peixes é Netuno. O elemento que rege esse signo é a Água (Netuno, inclusive, era o deus romano dos mares, a contraparte da divindade helênica Poseidon).

características do signo de peixes

É normal que as pessoas queiram saber mais sobre seu signo do Zodíaco, as características associadas a ele, defeitos e qualidades, e outras informações do gênero. No caso dos que nasceram sob Peixes (ou seja, os piscianos), há ainda o fato de que Peixes possui características bastante interessantes e nem sempre compreendidas. Qual o significado do signo Peixes na vida daqueles que nasceram sob sua influência?

Não é possível falar tudo sobre Peixes (signo, Peixes, data que torna alguém pisciano, características de Peixes, influências de cada casa zodiacal, de cada astro, consequências da personalidade de Peixes em cada aspecto da vida de alguém, etc.) em um só texto. Esse signo e suas características são assuntos que poderiam render livros e mais livros. Contudo, podem ser apresentadas as mais relevantes características deste fascinante signo e outras informações importantes para aqueles que pretendem compreender os efeitos desse signo em suas vidas ou nas vidas das pessoas próximas.

Data do signo de Peixes

Uma das coisas mais importantes a saber sobre um signo, claro, é qual o intervalo de tempo que faz de alguém nativo dele. Ou seja, em que parte do ano um indivíduo deve nascer para ser nativo desse signo do Zodíaco. Na internet, é possível encontrar informações contraditórias a respeito dos períodos associados a cada signo. O intervalo de tempo associado ao nativo de Peixes é aquele que vai de 19 de fevereiro a 20 de março. É, por exemplo, o intervalo que os jornais costumam usar em suas famosas páginas de horóscopo.

Características do signo de Peixes

Como dito acima, pretender dizer tudo sobre o signo de Peixes é uma tarefa grande demais para ser realizada em um espaço pequeno, mas é possível fornecer muitas informações importantes sobre o signo de Peixes, personalidades, características de Peixes ou, melhor dizendo, dos piscianos. Especialmente sobre o impacto prático desse signo na vida das pessoas.

Podemos começar dizendo que o signo de Peixes apresenta características muito especiais. Geralmente, o nativo do signo de Peixes tem uma personalidade sensível, paciente e compassiva, o que pode fazer dele uma pessoa estimada por aqueles com quem convive.

O pisciano costuma ser muito bom em demonstrar empatia (ou seja, ele tem grande capacidade de se colocar no lugar dos outros, entender seus problemas e se compadecer deles), amar a liberdade e se interessar pelo bem geral, dando a ele prioridade sobre o bem individual. O pisciano tende a ser gentil, generoso, sonhador e um pouco desligado, além de apreciador da solidão e da reflexão. Os nascidos sob a influência do signo de Peixes frequentemente têm interesse por assuntos espirituais, místicos, religiosos ou artísticos. Geralmente, eles são amigos afetuosos, sinceros e leais.

Piscianos, embora costumem manter suas convicções morais e seu desejo de fazer o bem a seus semelhantes, tendem a mudar de ideia com frequência e absorver aspectos do ambiente em que estão, o que leva algumas pessoas apressadas a acharem, injustamente, que os nativos desse signo não têm personalidade e são verdadeiros camaleões. Pode-se dizer de Peixes: signo subestimado e nem sempre devidamente compreendido por aqueles que o cercam. Às vezes, porém, os piscianos contrariam o estereótipo, fincam o pé e defendendo com fervor suas ideias e posições.

Os nativos de peixe costumam ser muito dedicados à família e amigos, doando-se para ajudar seus entes queridos.

Os piscianos são presenças especialmente comuns nas comunicações e nas artes, que são áreas que atraem suas personalidades sentimentais e sonhadoras e satisfazem seu idealismo, além de funcionarem como palcos onde eles podem mais facilmente dar asas à criatividade que eles tanto prezam. Infelizmente, o perfil “nas nuvens” deles pode fazer com que sejam ridicularizados e “podados” pelos que os rodeiam, o que os chateia muito quando acontece.

Trata-se, sem sombra de dúvida, de um dos signos mais simpáticos e humanos do zodíaco.

Defeitos dos piscianos

Os defeitos do pisciano típico estão ligados ao perfil idealista, romântico e sonhador desse signo. No trabalho, por exemplo, as pessoas de Peixes costumam se entediar facilmente e ter pouca resistência às contrariedades, ficando mais rapidamente tentadas pela ideia de pedir demissão.

Outro problema no ambiente de trabalho é que elas têm dificuldades para realizar tarefas que vão contra seu modo de pensar e seus ideais. Para os nativos de Peixes, o local de trabalho pode ser um palco constante ou pelo menos frequente de conflitos ideológicos, emocionais, de consciência, etc.

Veja mais características do pisciano no trabalho.

Aos piscianos, infelizmente, não é incomum faltar iniciativa, e é um tanto frequente que eles fiquem empurrando longamente uma situação desagradável com a barriga em vez de resolvê-la de uma vez. Quem é do signo de Peixes pode ser pouco prático e precisar de ajuda de alguém mais realista para tirar seus projetos longamente acalentados do papel e finalmente colocá-los em ação.

Muitas vezes, os indivíduos de Peixes deixam que os outros imponham suas vontades sobre eles apenas porque se sentem desconfortáveis negando coisas aos outros ou criando ou administrando conflitos com as pessoas. Às vezes, falta a eles capacidade de persistir em seus planos e objetivos, seja por insegurança ou tédio. Piscianos são relativamente fáceis de assustar, o que pode levar a decisões precipitadas e extremas, das quais depois eles podem acabar se arrependendo muito.

Os piscianos podem ser muito ingênuos e impressionáveis. Além disso, os nativos do signo têm grande dificuldade em perdoar quem traiu a confiança deles. Esse é um dos fatores que podem levar aquele que é de Peixes a, contrariando o perfil compassivo típico deles esboçado aqui, agir de forma agressiva em relacionamentos afetivos ou se fazer de vítima dos desentendimentos.

Signos que combinam com Peixes

Devido a suas características, o nativo do signo de Peixes tende a combinar especialmente com os nativos dos signos de câncer, capricórnio, escorpião, touro e virgem, que compartilham de algumas de suas tendências. Isso pode ter consequências em todo tipo de parceria, inclusive em relacionamentos românticos.

Confira tudo sobre as combinações de signos com Peixes.

Signo de Peixes no amor

Uma complicação do amor para os piscianos é que, conforme sejam as atitudes de seus parceiros, eles podem ficar divididos entre sua relutância em perdoar quem os feriu e sua boa vontade e falta de iniciativa, que os induzem a tentar perdoar as pessoas que amam ou até mesmo a prolongar indefinidamente um relacionamento desgastado e que já não está mais dando certo. Os nativos de Peixes são muito românticos – trata-se do signo mais romântico do Zodíaco – e capazes de um enorme devotamento às pessoas que eles amam.

Veja mais sobre o signo de Peixes no amor.