Lilith em Escorpião: como age e qual o seu significado?



Cólera ou adoração, estes são os sentimentos que Lilith desperta desde o proêmio da humanidade. Uma criatura mitológica que é figura central de desavenças e que é tida como uma das maiores opositoras do domínio exercido pelo patriarcado.

Também pudera, o que é Lilith, senão uma grande insígnia do feminino? Até porque ela representa a própria Lua, que detém persuasão sobre a mulher e que, em homenagem a ela, o asteroide 1181 conhecido em 11 de fevereiro de 1827, recebeu o seu nome.

lilith em escorpião





e

Características dos signos

Ressalta-se que essa vertente escusa da Deusa não é má, tão somente atua no subconsciente, trazendo à tona sentimentos que na maior parte das vezes se tenta ocultar, extremamente intuitivos, e que representam a insegurança e a insatisfação.

Da mesma maneira que Lilith e a Lua em sua fase oculta, as sombras sempre permanecem, ainda que se tente renegá-las, o que pode fazer emergir a face destrutiva e vingativa, já que não se compreendeu como lidar com esse lado, ao passo que a influência de Lilith assume tons positivos quando se está disposto a entender.

Neste artigo, então, você vai desvendar o que é Lilith, ou quem ela é, qual a influência de Lilith em todos, e, principalmente, quais as características de Lilith em Escorpião.

O que é Lilith e qual é sua história?

Ainda que a maioria das pessoas não saiba, Lilith é uma personagem compartilhada por todas as crenças e que foi apagada das Sagradas Escrituras, tornando mais difícil o conhecimento de sua história, simplesmente por ir de encontro às ordens do patriarcado.

Tem-se que, quando Deus criou Sol e Lua, ambos eram equiparados, portanto, o relacionamento deles era conturbado, de modo que, para encerrar com as intrigas, o Criador ordenou que a Lua se afastasse, lhe tirando a capacidade de iluminar por si própria.

Neste instante, surgiu Lilith como a Lua Negra, sendo confeccionada, assim como Adão, do barro, “à imagem de Deus o criou: macho e fêmea os criou.” (Gênesis, 1,27) e posteriormente condenada a viver com os mortais.

Sendo equivalente a Adão, ela não se conformava com suas tentativas de dominá-la, principalmente quando este tentava forçá-la a ficar por baixo no sexo, em sinal de poder, de modo que Lilith resolveu não viver mais no Jardim do Éden.

Depois dessa decisão, e devido às lamúrias de Adão, Deus enviou os três anjos, Sanvi, Sansavi e Samangelaf para buscá-la, porém, ela foi irredutível, e eles, mesmo a ameaçando, não obtiveram êxito em fazê-la retornar.

Deste modo, Lilith, isolada de Deus e do Éden, acabou por noivar com Samael, Senhor das forças maléficas, transformando-se em demônio feminino e representante da rebeldia da mulher contra o patriarcado, ao passo que Eva foi confeccionada da costela de Adão.

O que representa Lilith na Astrologia

Representando a Lua negra e simbolizando a sexualidade, os instintos e os quereres obscuros, Lilith na Astrologia faz nascer linhas discrepantes, já que há astrólogos que negam a influência de Lilith, enquanto há outros que a consideram primordial para o autoaperfeiçoamento.

Lilith nos signos, por sua vez, representa a insatisfação decorrente das expectativas frustradas, que nos impedem de ser felizes por completo, muito porque, quando ainda no Éden, ela justamente se inconformava com sua condição de submissa, mesmo que, para todos, tivesse tudo à sua disposição.

Sendo insubmissa e poderosa, Lilith na Astrologia detém muita energia e representa o potencial de cada um, que, obviamente, varia devido à individualidade das pessoas e também pela Lilith nos signos, que pode ser mais ou menos forte, mas que, sem dúvida alguma, é a genialidade, a criatividade e o poder de autodeterminação que todos possuem.

Sempre lembrando que poder não trabalhado gera amargor e toxidade.

Características de Lilith em Escorpião

As características de Lilith em Escorpião são facilmente desvendáveis, já que tanto o signo quanto a própria Lilith são enérgicos e possuem um magnetismo que é difícil escapar.

Isso significa que há possessividade e uma tendência controladora tanto no pensar, sentir como também no agir. É alguém desconfiado e com um instinto feroz (predatório até), sendo praticamente impossível passá-los para trás.

A Lilith em Escorpião no mapa astral é ligada à sexualidade, e esta energia não deve ser acumulada, tendo em vista, que é uma espécie de válvula de escape para um signo que sempre é muito controlado e dissimulado.

Ressalta-se que, quando isto é controlado, pode ser benéfico para qualquer relação.

Quem possui Lilith em Escorpião deve se ater a não se fechar e fazer durar as cicatrizes que possui, pois isso pode intensificar sua desconfiança e minar seus relacionamentos (e na sexualidade já que nunca confiará plenamente no parceiro).

A pessoa com Lilith em Escorpião possui uma inclinação por temas ligados à morte ou pós-morte. Algo como noivas da noite, em que uma obsessão pautada nos ciúmes e raiva pode ser totalmente destrutivo e corrosivo.

Bem mais pragmáticos que o natural, indivíduos com Lilith em Escorpião são selvagens e ligados ao que o seu instinto lhes demonstra, dificilmente estando errados, e pelo que, muitas das vezes, eles tentam omitir para si mesmos quando suas percepções começam a aflorar.

Isso é realmente perigoso, pois pode se transformar em uma bola de neve, em que mentem não só para eles, mas para as demais pessoas, com medo de serem rejeitados, já que já possuem esta fama de sistemáticos.

Notadamente, os nativos de Lilith em Escorpião possuem a influência de Lilith acentuada e, portanto, devem drená-la de outras formas e não só pelo sexo, para que ele não se torne uma compulsão, sendo recomendado atividades como dança e teatro, principalmente quando envolve ambos, como se vê na dança do ventre ou de tecidos, por exemplo.

Você gostou de nosso artigo sobre Lilith em Escorpião? Lembrando que é importante conhecer a nossa Lilith, pois a nossa sombra é uma parte importante de nós e pode ser uma grande aliada caso seja trabalhada.