Inferno astral de Capricórnio – veja como agir nesse período



Compartilhe tudo sobre os signos:

Há quem diga que o inferno astral de Capricórnio é uma fase ruim durante o ciclo astrológico, e existem aqueles que dizem ser uma oportunidade de adquirir autoconhecimento. Porém, é muito mais do que isso.

inferno astral de capricórnio

Durante o inferno astral, a nossa energia diminui muito, e o impacto dessa carência energética é visto no cotidiano. Nos sentimos nervosos, ansiosos, sem paciência, por vezes pessimistas e confusos. Coloque também nessa receita o desequilíbrio emocional, pois durante o inferno astral de Capricórnio, os sentimentos da pessoa capricorniana são levados ao extremo.




e

Embora pareça algo assustador, fique tranquilo, pois aqui você aprenderá sobre como superar o inferno astral de Capricórnio.

A missão do Sol

Em primeiro lugar, é necessário entender o porquê do inferno astral, e essa resposta está na maratona que o Sol faz durante o ciclo astrológico. Todos os anos, o Astro Rei faz uma completa odisseia pelas casas astrais. Ele corre, dia após dia, um grau dentro de cada signo, permanecendo cerca de um mês em cada um dos 12 signos do Zodíaco. Essa, é a passagem do Sol pelas Casas Astrais.

Por outro lado, para cada um de nós, o ciclo astral começa no dia do nosso nascimento e termina apenas um dia antes dele. No início, estamos completamente energizados, prontos para mais um ano cheio de oportunidades, contudo, quando vai chegando próximo ao fim, essa ‘bateria’ diminui muito, e esse é o pulo do gato. É a passagem do Sol pelo último signo antes do aniversário, somada à carência energética que ocorre pelo fim de cada ciclo, que causa o inferno astral.

Como descobrir o inferno astral?

Para descobrir o inferno astral é simples, basta você contar os últimos trinta dias antes do seu aniversário, mas sem contar ele. É esse período de quase um mês antes da sua data de nascimento que recebe o nome de inferno astral.

Há também uma outra forma para descobrir, é só contar em ordem astrológica 12 casas astrais, começando pela sua. A décima segunda será o seu signo de inferno astral.

Quando começa e termina o inferno astral de Capricórnio?

Os capricornianos nasceram entre 22 de dezembro e 20 de janeiro, com algumas variações dependendo do ano, por isso é necessário que as pessoas nascidas próximas dessas datas façam um mapa astral. Como o inferno astral de Capricórnio ocorre trinta dias antes do nascimento, então, de forma geral, ele terá início entre 22 de novembro e 21 de dezembro.

Supondo que você seja de Capricórnio e tenha nascido no dia 10 de janeiro, então a janela de inferno astral de Capricórnio será de 11 de dezembro a 9 de janeiro. Viu só como é simples? Agora que você já sabe quando começa e termina o inferno astral de Capricórnio, está na hora de entender melhor como este signo influencia as pessoas regidas por ele.

Quem são os capricornianos?

Nativos de Capricórnio são pessoas do trabalho e para o trabalho. Representadas pelo símbolo do Cabrito Maltês, possuem uma força de vontade sobre-humana, adoram obstáculos que a priori pareçam impossíveis. Para além da força de vontade, são também reservadas, não se abrem por qualquer conversa, tão pouco revelam seus segredos. Esses, são protegidos pela segurança que o elemento Terra proporciona.

O povo de Capricórnio é, sem dúvidas, um fascinante objeto de estudo. Eles nunca foram crianças, desde sempre muito maduros e objetivos, a juventude no caso deles surge com o avanço dos anos. A jovial maturidade é um dom concedido por Saturno, o Lorde do Tempo e planeta regente de Capricórnio.

Com a junção do elemento Terra e a regência de Saturno, os capricornianos procuram enxergar a vida como ela de fato é, sem criar rodeios ou interpretações mais poéticas. Por isso, precisam estar ligados a metas e objetivos para que saibam exatamente onde querem chegar.

Por outro lado, podem demonstrar medo em explorar o desconhecido, já que querem saber exatamente onde estão e onde querem estar. Ainda que Saturno entregue a paciência de mão cheia para Capricórnio, esta também pode se manifestar na forma de lentidão. Já a persistência é um caso à parte. Capricornianos têm dificuldade em entender que, se algo não tem solução, solucionado está, por conta disso persistirão em questões que perderam sentido há muito tempo.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as pessoas deste signo tão focado e objetivo, está na hora de entender de fato o que é o inferno astral de Capricórnio e de que forma ele pode influenciar no seu dia a dia.

O que é o inferno astral de Capricórnio?

Nesse tempo sem freio, o signo representado pelo Cabrito Maltês pode perder a medida em conferir o real tamanho de cada problema. Nesse processo, o inferno astral de Capricórnio pode fazer com que o capricorniano esqueça seu próprio limite.

A influência de Sagitário durante este período pode proporcionar muita irritação ao capricorniano. Ao passo que ele é reservado, Sagitário é extremamente ativo e jocoso, além de ter um fascínio sobre querer conhecer todas as verdades do mundo. Já que Capricórnio prefere se situar sobre o momento e o futuro, a chance de haver desentendimento é grande.

Mas, olha só: não é porque você, capricorniano, está no período de inferno astral, que não poderá se relacionar com pessoas de Sagitário. Vai depender muito de como estará o seu mapa no momento, por isso, é muito recomendável que faça um mapa astral para entender melhor sobre a influência dos Astros em sua vida.

Entre os principais pontos negativos durante o inferno astral de Capricórnio, está o julgamento. Nesse período, a nativa deste signo não terá paciência para lidar com as peculiaridades dos outros. Se eles possuem manias ou pensamentos que sejam diferentes dos seus, é porque são burros.

Além disso, durante esses trinta dias de bagunça, a pessoa de Capricórnio estará rabugenta e com propensão de fugir das obrigações, sejam elas grandes ou pequenas. Tirar o lixo ou regar as plantas pode ser sinônimo de fadiga e, portanto, despertar a fuga. E olha só: pessoa capricorniana, tome cuidado com o autoritarismo e evite agir de forma fanática por algo, fica a dica.

Como lidar com o inferno astral?

Com paciência, determinação, respeito ao próximo e empatia. Abuse da capacidade de ponderar. Além de um tempo ruim durante o ciclo astrológico, o inferno astral de Capricórnio proporciona a chance de refletir sobre o último ano. Aproveite para pensar sobre tudo o que aconteceu desde seu último aniversário, sobre objetivos concretizados, ideias que foram colocadas em prática e rotinas estabelecidas.

Faça um verdadeiro feedback sobre suas próprias atitudes durante esse tempo, veja o que pode ser mantido, mas também o que pode ser descartado para começar um novo ciclo, cheio de novas energias e aspirações por um bom ano.

Pessoa de Capricórnio, ainda que esse momento seja uma completa tempestade de fúria e medo, reúna sua capacidade de focar em um objetivo e seja otimista, pois não estamos falando de um tempo infindável, mas de trinta dias que logo acabarão. Uma dica é fazer coisas que gosta, se concentrar em atividades que sejam do seu agrado e traçar metas para um novo ano.