Inferno astral de Câncer – veja como agir nesse período

Durante o ano, existe um momento onde os sentimentos estão normalmente mais instáveis, com emoções à flor da pele, propício para a confusão e o descontrole sobre nossas atitudes. Esse período na astrologia é chamado de inferno astral. A impressão é que nada dá certo. Planos se mostram inúteis e tudo parece uma imensa odisseia. Embora carregado de negatividade no nome, é um tempo de cansaço, pouca paciência, e que faz um convite para e reflexão e para o autoconhecimento.

inferno astral de câncer

Nesse tempo de inferno astral, o Sol está terminando o ciclo anual de passagem pelo Zodíaco, basicamente é quando está na décima segunda casa antes de fazer toda a caminhada outra vez. Nesse texto, será explicado sobre todos os aspectos do inferno astral de Câncer, então, se você é uma pessoa canceriana, ou quer ajudar alguém que seja a passar por esse momento, continue lendo.

Como descobrir o inferno astral?

Em primeiro lugar, é preciso saber como descobrir o inferno astral, dessa forma, você vai saber exatamente quando esse momento ocorre e vai poder se preparar para ele. É sabido que são trinta dias de inferno astral, e que ele ocorre antes da comemoração do aniversário. Logo, para fazer o cálculo, é só contar no calendário trinta dias antes do aniversário, finalizando a contagem um dia antes. Fazendo isso, você vai saber exatamente quando será o inferno astral.

Qual é o inferno astral de Câncer?

Para descobrir quando começa e termina o inferno astral de Câncer, é necessário entender as datas regidas por esse signo. Quem é canceriano nasceu entre junho e julho, e a passagem cíclica do Sol se dá entre os dias 20 de junho e 21 de julho. Logo, o tempo de inferno astral para quem é de Câncer, será nos dias 21 de maio e 20 de junho, período esse que é de domínio do signo de Gêmeos.

Existem duas formas práticas de descobrir a data exata do inferno astral de Câncer. A primeira é justamente contar trinta dias no calendário antes do aniversário. Já na outra maneira, é só contar 12 signos em ordem astrológica, começando pelo seu. No caso de Câncer, contando 12 ciclos, o último será Gêmeos. Viu só? É bem simples e fácil. Agora que você sabe o que é inferno astral e qual é o inferno astral de Câncer, está na hora de dar um passo a mais. Entenda como os enigmáticos cancerianos se comportam nesses trinta dias de descontrole.

Quem é o povo canceriano? Onde vivem? O que fazem?

Para entender como é o inferno astral de Câncer, é necessário compreender como esse signo é e de que maneira ele influencia as pessoas regidas por ele. Câncer, é um signo representado pelo elemento Água e, por isso, é fluído, se adapta a todos os ambientes e procura ser sempre transparente. Os cancerianos são pessoas doces e gentis, extremamente ligadas ao lar, amigos e família. Inclusive, eles sabem como viver com conforto, são muito caseiros e convidativos. Adoram convidar para tomar café com bolo no cantinho decorado e aconchegante deles.

Embora não seja um planeta, a Lua representa Câncer, fato que mexe muito com a imaginação das pessoas regidas por esse signo. Certamente você já ouviu ou um dia irá ouvir que o povo canceriano vive no mundo da Lua. Por outro lado, cancerianos são muito criativos e por isso tendem a viver a vida de maneira fantasiosa. Como a Lua influencia diretamente o movimento das marés, é de comum acordo que cancerianos, assim como as pessoas geminianas, também sofram alterações no humor. Em um dia podem estar felizes, fazendo piadinhas e cantarolando músicas. Já no outro, são a própria Samara do poço.

A sensibilidade de Câncer é famosa, até demais. Esse nativo pode sentir uma infinidade de sentimentos em um minuto, o que pode ser um problema. Contudo, acredite, quem mais sofre com isso são os próprios cancerianos. Um ponto a se destacar na sensibilidade dos cancerianos é que essa capacidade de percepção torna mais fácil desenvolver autoconhecimento. Agora, se você gosta de ver recordações e fotos antigas, chame uma pessoa nativa de Câncer para ver junto. Elas são muito ligadas às suas raízes, além de terem uma memória incrível.

Agora que você já sabe quais são as enigmáticas características de Câncer, é hora de entender como esse signo se comporta durante o período de inferno astral.

O que é o inferno astral de Câncer?

O inferno astral de Câncer é, basicamente, a passagem do Sol pelo ciclo de Gêmeos. Ambos os signos são opostos, e por isso é recomendável que mantenham certa distância. Durante esse tempo, é normal que os cancerianos estejam ainda mais sensíveis, enxergando problema em tudo. Evite conversas que propiciem duplo sentido ou que permitam uma interpretação ruim.

Rancorosos por natureza, cancerianos tornam-se ainda piores durante o inferno astral de Câncer. A menor resposta atravessada de anos atrás irá surgir para assombrar uma vez mais. Some isso ao mau humor do canceriano no inferno astral. A pessoa doce e calma sumiu e não se sabe para onde foi. Só volta no aniversário.

Assim como Touro, Câncer adora ter um dinheiro guardado. Quanto mais, melhor. Olhar aquele dinheiro guardado e rendendo é a melhor coisa. Contudo, você poderá notar que o povo canceriano é muito pão-duro no inferno astral. Vão odiar gastar dinheiro (além do normal) e irão cortar tudo o que for possível.

Outra questão que pode ser muito desgastante no inferno astral de Câncer é o veneno. Pessoas cancerianas não são as mesmas nesses trinta dias de desequilíbrio. Elas não terão papas na língua e dirão tudo o que não diriam normalmente e de forma indelicada.

Agora que você está entendendo o inferno astral de Câncer, veja com agir nesse período para evitar todos esses desgastes. Assim, você irá assumir um pouco o controle durante esse período.

Como agir durante o inferno astral de Câncer?

Canceriano e canceriana, redobre a atenção. Boca fechada não entra mosquito! Escolha muito bem as palavras para evitar ruídos de comunicação e para não magoar pessoas queridas. Estando influenciado por Gêmeos, pense antes de falar ou agir e evite situações tensas sempre que possível, pois o inferno astral de Câncer é um período de alerta para brigas. O melhor neste momento é evitar uma convivência excessiva com outras pessoas.

Para manter relações saudáveis, procure agir com educação, gentileza e paciência. Nem todos lembram ou falam coisas com a intenção de machucar. Procure um caminho para perdoar mágoas do passado sem a necessidade de cobrar os outros, mas não seja um completo altar do perdão. Além disso, exerça a paciência durante a convivência.

O mais indicado para a pessoa canceriana é aproveitar esse tempo para refletir sobre as atitudes sensíveis – próprias dos cancerianos. Mais do que um período anual ruim, o inferno astral permite que você reflita sobre tudo o que rolou no último ano, pensar em oportunidades de ser uma versão melhor de si mesmo. Esse tempo acontece apenas uma vez por ano, não é eterno e, apesar do descontrole emocional, tem seus benefícios. Imagine começar o ano cheio de energia para gastar? Faça com que ela seja útil e bem aplicada. Você que é uma pessoa canceriana, aproveite para espairecer e redecorar a casa, fazer um pouco de bricolagem para traduzir tudo o que o canceriano mais preza: conforto.